• (14) 3204 7403 / (14) 99655-2405

Posts Tagged :

bauru

Exercícios físicos em casa: é preciso movimentar o corpo!
Exercícios físicos em casa: é preciso movimentar o corpo! 1024 1024 sindboss

Exercícios físicos em casa: é preciso movimentar o corpo!

A quarentena não é motivo de preguiça. Praticar exercícios físicos é fundamental para a saúde

No nosso último conteúdo comentamos sobre a saúde mental, afinal, cuidar da nossa mente é muito importante, principalmente durante o isolamento social. Nós, da SindBoss, temos percebido que este momento precisa de atenção e cuidado, por isso, pensamos em produzir conteúdos para ajudar todos os condôminos.

Ainda falando sobre a saúde, algo que não pode ser deixado de lado são os exercícios físicos. Para o Dido, professor e gestor da Vida Academia, é fundamental praticar exercícios, principalmente nesse momento.

O exercício físico ajuda a nos manter mais saudáveis, tanto fisicamente como mentalmente (ainda mais necessário nesse momento de isolamento). Os benefícios são inúmeros, como ter mais disposição para aproveitar melhor o dia, o sono tende a ser mais agradável e restaurador; minimizar dores como nas costas e outras articulações; reduz o risco de lesões e acidentes; melhora os reflexos motores, por exemplo, pessoas que se exercitam não escorregam facilmente em um chão liso; melhora a mobilidade articular; reduz riscos de doenças do coração, pressão arterial, diabetes… e muitos outros. Dido, professor e gestor da Vida Academia.

Não importa como, o importante é movimentar-se!

Exercícios em casa

Como treinar? 

Engana-se quem pensa que é preciso de muito para treinar. O segredo está em encontrar algo que você goste.

Procure fazer algo que goste, que lhe desperte a curiosidade. Há dezenas de modalidades diferentes que podem ser realizadas de maneira simples e divertida, certamente alguma chamará mais a sua atenção. Para quem nunca se exercitou, experimente praticar algo pelo menos 2 ou 3 vezes na semana ou em dias alternados inicialmente. O tempo de duração em um primeiro momento pode variar entre 15 e o máximo de 30 minutos. Dido, professor e gestor da Vida Academia.

Vale destacar que, para a musculatura não ficar muito dolorida no dia seguinte, a intensidade dos exercícios precisa ser de leve a moderada. Então, pegue leve no começo!  De modo geral, é possível treinar todas as capacidades físicas sem equipamento algum, utilizando somente o peso do próprio corpo. Aliás, se preferir, use garrafas de água como peso.

Exercícios físicos em casa: é preciso movimentar o corpo!

Dica!

Coisas simples, como se exercitar em um local com boa ventilação, ter o cuidado ao se distanciar dos móveis e objetos que possam ser esbarrados, utilizar uma roupa esportiva e tênis, garantem mais conforto e segurança. Além disso, não se esqueça da garrafinha de água e toalha de rosto.

Para não se sentir desmotivado e sem ânimo, crie uma rotina. Defina um horário do seu dia para movimentar o corpo, alongue-se, coloque uma música animada e faça algum exercício do seu agrado.

Uma outra dica é acompanhar as lives de treinos online que muitas academias e profissionais fazem. O Dido e toda a sua equipe, por exemplo, dão aulas ao vivo de segunda a sábado no canal do Youtube da Vida Academia. É só conectar na televisão, computador ou celular e acompanhar em tempo real os exercícios. Assim não tem desculpa, não é mesmo?

Para conferir os horários das aulas, veja no Instagram: @vidaacademia_bauru

Canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCuZKiS5mhnBRX5PtrK7NVhg

 

Se você gostou, compartilhe esse conteúdo com os familiares e amigos!

Crie uma rotina

Como cuidar da saúde mental durante a quarenta?
Como cuidar da saúde mental durante a quarenta? 1024 1024 sindboss

Como cuidar da saúde mental durante a quarenta?

O momento é delicado e não podemos deixar de lado o cuidado com a nossa mente

A SindBoss sempre deixou claro que se preocupa com todos os condôminos. Nós sabemos que o momento está sendo delicado e não está fácil ficar dentro de casa, não é verdade? E assim como nos cuidamos para evitar a contaminação e propagação do coronavírus, a saúde da mente não pode ficar de lado.

É muito comum nesse período se sentir mais ansioso, desmotivado e até triste. Afinal, estamos vivendo uma situação incomum, que não sabemos lidar muito bem. Para Carla Barreto, Farmacêutica e Palestrante da área da saúde, neste momento é muito importante ter controle emocional.

Saúde mental pode ser considerada como um equilíbrio em qualquer situação, ou seja, como você reage ao ambiente e com as pessoas. Com essa nova situação, pandemia, quarentena, isolamento, ficou muito clara a importância do controle emocional. Sair de casa? Ficar em casa? Medo de se contaminar? Medo de morrer? A vida dos amigos e familiares? Riscos econômicos. Tudo o que pode gerar pânico. Certamente, que não temos um botão para não entrar em pânico, mas nós necessitamos, principalmente nos momentos de dificuldade, ter o controle emocional. Carla Barreto, palestrante.

 Claro que, para ter esse controle, a mudança precisa ser aos poucos e só dependerá de você!

É preciso cuidar da saúde mental

Como ficam os sentimentos? 

Fala a verdade, no dia a dia há um turbilhão de sentimentos, não é mesmo? Os mais comuns são o estresse, ansiedade e depressão. Tudo isso pode gerar várias reações e sintomas físicos, como a supressão (queda) da imunidade.

 Se você está com sintomas como: desânimo, dor de cabeça, falta de sono, sensação de sufocamento, dor de estômago, tristeza, fobia e medos intensos… é sinal que você precisa cuidar da saúde mental. Estamos num momento de aprender, desaprender e reaprender essa nova vida. Então melhore suas relações em casa, faça atividades que te deem prazer (livros, filmes, séries, músicas), cuide do seu corpo (alimentação e exercícios), faça meditação, seja positivo, seja grato, seja ativo. Não se compare ao outros, seja o melhor que você pode ser nesse momento. Controle o que está ao seu alcance. Acredite na sua força interior. Carla Barreto, palestrante.

Além disso, é muito importante que você perceba se está sabendo lidar com essas emoções sozinho. Se não estiver, procure ajuda. Hoje é possível fazer terapias e consultas online.

E para te ajudar ainda mais nessa tarefa, a Carla comenta algumas dicas e atitudes para conseguir manter a sua mente saudável. Confira!

O que fazer para se sentir bem?

Gostou? Compartilhe esse conteúdo com os familiares e amigos. Assim você pode ajudar outras pessoas a cuidarem da saúde mental!

dicas para se proteger do coronavírus
Dicas para se proteger do coronavírus no condomínio e no seu lar 1024 1024 sindboss

Dicas para se proteger do coronavírus no condomínio e no seu lar

O momento agora é de cuidado e precaução, principalmente quando se convive com outras pessoas

O assunto da vez é o novo coronavírus, Covid-19. Estamos passando por um momento difícil, onde o cuidado é fundamental! Já parou para pensar quando foi a última vez que você se preocupou tanto com o seu vizinho, por exemplo? Apesar da realidade delicada, agora é um momento de união, conscientização e de pensar no próximo.

E a SindBoss valoriza muitos a segurança dos nossos condôminos. Por isso, resolvemos produzir este conteúdo para que você e sua família fiquem ainda mais protegidos nessa quarentena. Confira!

É preciso se proteger do coronavírus

Faça o principal 

Primeiro, é preciso ter conhecimento das recomendações básicas do Ministério da Saúde a respeito do coronavírus. São elas:

-Lave frequentemente as mãos com água e sabão.

-Ao tossir ou espirrar cubra a boca. Pode ser com um lenço descartável ou o braço. Mas higienize as mãos em seguida.

-Não compartilhe objetos pessoais.

-Mantenha os ambientes ventilados.

-E claro, evite aglomerações principalmente se estiver doente.

Quem mora em um condomínio, precisa ter um cuidado não só dentro de casa, mas também fora. Neste momento, evite ficar circulando pelas áreas comuns. É difícil, mas é necessário! Se precisar sair e ir ao mercado, por exemplo, tome muito cuidado. Leve com você um álcool em gel 70% e uma sacola reutilizável para colocar as compras. Fique atento para não colocar as mãos no rosto ou outra parte do corpo.

Higienize as mãos antes de entrar no carro e na casa. Tire os sapatos e troque de roupa.

Na hora de guardar os alimentos, como frutas, verduras e legumes, recomenda-se que faça uma higienização por 15 minutos em uma solução de água sanitária com água (1 colher de sopa para 1 litro de água). Alimentos não perecíveis como arroz, macarrão e feijão, passe um pano com álcool na embalagem. Faça o mesmo para latas, garrafas e iogurtes, ou lave com água e sabão.

Ah, não se esqueça de limpar as superfícies de contato. Como maçanetas, mesa, celular, controle remoto… use álcool 70%, pois graduações menores não inativam o vírus, ou desinfetante.

Cuidado em casa e no condomínio

Fique atento à fake news 

Todos os dias somos bombardeados por milhares de informações e é preciso saber filtrar aquilo que é verdadeiro ou não. Seja responsável antes de compartilhar ou enviar para alguém uma mensagem, procure saber a veracidade dela.

O Ministério da Saúde criou um conteúdo com várias Fake News que muitas pessoas têm acreditado. Você pode ver esse conteúdo aqui!

Se cada um fizer a sua parte, juntos, passaremos por esta fase ainda mais rápido. Agora temos que nos unir e seguir conscientes contra o coronavírus. E lembre-se, qualquer dúvida ou problema, conte com a gente!

Juntos somos mais fortes

Uma boa comunicação evita problemas! 1024 1024 sindboss

Uma boa comunicação evita problemas!

O síndico e os moradores devem saber se comunicar para manter o bem-estar do condomínio.

Já parou para pensar que uma boa comunicação é fundamental dentro de um condomínio? É importante tanto para os moradores quanto para o síndico. Saber se comunicar da forma correta e com bom senso mantém o ambiente saudável e harmonioso, além de ajudar a transmitir informações de uma maneira eficaz.

E isso é algo que nós valorizamos muito e aplicamos em todos os condomínios. Afinal, é por meio de uma comunicação clara que o síndico consegue resolver algum problema de forma ética e rápida.

Quer um exemplo? Um caso de um bate-boca em um condomínio de Balneário Camboriú virou processo judicial. Em uma reunião da assembleia, uma moradora ofendeu o síndico e precisou pagar uma indenização por danos morais.

Uma boa comunicação é fundamental

Obtendo sucesso na comunicação 

E como trabalhar uma boa comunicação dentro do condomínio? Existem algumas dicas que podem ajudar:

Livro na portaria

O livro na portaria é uma boa opção para que os condôminos possam registrar as suas reclamações, sugestões e elogios. Claro que, para ter um resultado positivo, o síndico precisa fazer um acompanhamento diário e verificar se algo novo foi escrito.

-Reuniões

As reuniões são muito importantes para que haja a conversa entre os moradores e o síndico. São nelas que problemas, melhorias e sugestões podem ser compartilhados e debatidos.

-Comunicados

Fazer comunicados impressos é uma estratégia que ajuda a compartilhar informações e avisos. Uma obra será realizada no condomínio? Um comunicado sobre o assunto pode ser colocado no elevador ou áreas comuns, sendo um modo dos moradores ficarem ainda mais informados.

Deu para perceber o quanto a comunicação é importante para manter o bem-estar do condomínio e uma boa convivência. O síndico precisa ter conhecimento disso, pois, só assim a gestão pode ser trabalhada com ética e profissionalismo. Quer levar uma boa comunicação para o lugar que você mora? Então conte com a SindBoss!

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

O bem-estar do condomínio

O que você deve saber sobre obras no condomínio? 1024 1024 sindboss

O que você deve saber sobre obras no condomínio?

As obras envolvem várias questões que os moradores e síndico precisam se atentar

Obras dentro de um condomínio envolvem diversos aspectos como barulho, entrada e saída de prestadores de serviço, obediência às normas da ABNT, sujeira, entre muitos outros. Você sabia que para ela ser realizada, muitas questões precisam ser fiscalizadas pelo síndico? Pois é, e os moradores muitas vezes não se atentam para isso.

Se a obra for para o condomínio em geral, precisa passar pela aprovação da assembleia. Se for uma reforma em um apartamento, por exemplo, ela precisa ser comunicada ao síndico.

O cuidado com as obras

Reforma em apartamento 

Muitos não sabem, mas para fazer uma reforma dentro do apartamento, o morador deve comunicar ao síndico. Não só isso, é preciso apresentar um plano de reforma e uma Anotação de Responsabilidade Técnica, conhecida por ART ou o Registro de Responsabilidade Técnica (RRT). Este documento deve ser assinado por um engenheiro ou arquiteto responsável.

Feito isso, o síndico precisa guardar todos os documentos e fiscalizar para que tudo seja feito de forma correta.

Quando o assunto é obra no condomínio, segundo o Código Civil Brasileiro há três tipos:

-Úteis: as que facilitam ou aumentam o uso do bem.

-Necessárias: tem como intuito conservar o bem ou evitar a sua deterioração.

-Voluptuárias: elas não aumentam o uso do bem, são obras voltadas mais para a estética.

Normalmente, as úteis precisam ser aprovadas pela maioria dos condôminos, 50% + 1. As voluptuárias, são aprovadas por dois terços dos condôminos. E por fim, as obras necessárias precisam ser dividias em urgentes e não urgentes.

Para as obras urgentes que exigem despesas excessivas, o síndico deve convocar rapidamente a assembleia. Já para as não urgentes com despesas excessivas, somente poderão ser efetuadas após a autorização da assembleia.

Independente da obra, é preciso que haja a escolha de profissionais capacitados e também a fiscalização do síndico. Há diversos casos de acidentes em condomínios por obras irregulares e falta de fiscalização.

Um caso recente foi de um prédio que desabou em Fortaleza, a reforma não tinha autorização da prefeitura e a ART só tinha sido registrada um dia antes do desabamento.

Obras no condomínio

Fiscalização e segurança com a SindBoss 

Você precisa de uma empresa de segurança para cuidar do seu condomínio, por isso, conte com a SindBoss! Nossos síndicos profissionais estão sempre atentos às medidas de segurança e fiscalização de obras.

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

Sinalização no condomínio, quais são as regras? 1024 1024 sindboss

Sinalização no condomínio, quais são as regras?

A sinalização é de extrema importância para informar os moradores, visitantes e funcionários.

Todo condomínio precisa estar devidamente sinalizado, além de ser primordial a clara comunicação para os condôminos e visitantes, é também uma questão de segurança. É o síndico que deve ter toda a responsabilidade de implantar no condomínio uma sinalização que seja eficiente.

De acordo com o §3º do art. 80 do Código de Trânsito Brasileiro, é de responsabilidade do condomínio, na figura do seu representante legal (que é o síndico), a correta instalação da sinalização. Sua ausência pode acarretar problemas.

As placas de sinalização têm como objetivo, além de sinalizar, informar sobre os possíveis riscos e perigos, desempenhando também a função de conduzir os moradores para fora do condomínio ou para um lugar seguro.

A importância da sinalização

Tipos de sinalização 

-Segurança contra incêndio

É possível encontrar uma sinalização básica e a complementar. A básica irá informar proibições, alertas, modo de evitar incêndios e localização de equipamentos. Sabe aquela placa de não fumar próxima de lugares inflamáveis? É um exemplo. A complementar é um adicional, como faixas, símbolos e até orientações para situações de risco. Rotas de saída de emergência é um exemplo.

-Circulação na garagem

As áreas internas são consideradas vias de trânsito, por isso, placas de sinalização devem ser colocadas pelo síndico para orientar tanto os motoristas quanto os moradores. Regulamentando o trânsito dos automóveis e a circulação de pessoas nas áreas internas.

-Acessibilidade

A sinalização de acessibilidade precisa estar bem clara e mostrar os espaços comuns como salões, área de lazer, elevadores e rampas de acesso. É válido também a instalação de piso tátil e placas de braile.

-Sistema elétrico

Os quadros de energia devem estar devidamente sinalizados, indicando quais apartamentos estão conectados e alertas mostrando o risco de mexer nas fiações sem um acompanhamento profissional.

Cuidar de um condomínio não é fácil e o morador não deve ter que se preocupar com responsabilidades que são do síndico. A sinalização deve estar em dia e no devido lugar. Por isso, se você não quer ter dor de cabeça no lugar onde vive, conte com a Sindboss!

Nossa empresa possui profissionais que farão um trabalho profissional para deixar todos os moradores tranquilos e livres de problemas.

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

Opte por um síndico profissional

Piscina em condomínio, quais são as responsabilidades do síndico? 1024 1024 sindboss

Piscina em condomínio, quais são as responsabilidades do síndico?

Com o verão chegando, a piscina precisar estar com a manutenção e segurança em dia!

Com o tempo quente e a proximidade do verão, a piscina em condomínio é uma excelente opção para relaxar e se divertir. Afinal, é preciso aproveitar da melhor forma as áreas comuns! E você,

já parou para pensar que a segurança e limpeza da piscina é responsabilidade do síndico? É muito importante que ele se atente para os cuidados necessários com esta área do condomínio, principalmente em relação ao uso e segurança.

Este ambiente é bastante utilizado pelos moradores, principalmente crianças, por isso deve receber uma atenção redobrada!

O síndico de um condomínio precisa ficar atento para que o cuidado seja mantido.

Piscina em condomínio sem preocupação

 Manutenção 

É terrível chegar em uma piscina e ela estar suja. Uma boa manutenção é fundamental para que a água esteja sempre limpa e cristalina. Além de serem medidas necessárias para evitar doenças de pele, como micoses, por exemplo.

A água deve ser filtrada diariamente e o controle de cloro deve ser feito a cada dois dias. O pH também deve ser checado, normalmente duas vezes por semana.  É preciso se atentar também para os pisos e bordas da piscina. Não pode apresentar rachaduras, lascas ou qualquer outra característica que não ofereça a segurança necessária.

-É preciso ter placas indicando a profundidade do local. E para a segurança das crianças, a área deve ser cercada.

-O condomínio deve delimitar uma idade mínima para que crianças possam utilizar a piscina sem estarem acompanhadas.

-Vidros não são permitidos na área da piscina.

-É preciso ter uma ducha para que todo morador utilize antes de entrar na piscina.

Outros pontos importantes

Escolha um síndico profissional! 

Manter a segurança e manutenção em dia são algumas das muitas responsabilidades de um síndico dentro do condomínio, veja outras aqui. Por isso é importante escolher bem e o síndico profissional é sempre a melhor opção. Para evitar dúvidas, escolha a SindBoss!

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

Você sabe o que um síndico pode ou não fazer? 1024 1024 sindboss

Você sabe o que um síndico pode ou não fazer?

Os moradores precisam conhecer as responsabilidades e atitudes que o síndico pode ou não ter!

O trabalho do síndico é vasto e repleto de responsabilidades. Além disso, ele tem um enorme impacto dentro do condomínio, podendo agir de maneira positiva e negativa. Por isso, é importante que os moradores saibam o que um síndico pode ou não fazer. Sendo que muitas vezes, um não profissional, pode se aproveitar do cargo e agir de maneira errada.

A lei e o Código Civil listam diversos deveres que o síndico deve ter, como a conservação e a manutenção das áreas comuns, cumprir as regras e decisões da assembleia, manter o seguro do condomínio em dia, entre muitas outras obrigações. Veja alguns exemplos abaixo!

Pode ou não pode?

O que o síndico pode fazer? 

-Solicitar cotações de serviços;

-Pagar em dia as contas do condomínio;

-Cobrar todos os serviços executados para que sejam feitos de acordo com os contratos;

-Cobrar, de maneira amigável, os devedores do condomínio;

-Acompanhar o trabalho dos funcionários dos condomínios;

-Junto com os moradores e funcionários, executar campanhas de conscientização;

-Sugerir melhorias;

-Cumprir a convenção e o regulamento interno;

-Exigir apresentação de um plano de obras;

-Executar obras emergenciais.

-Deixar de prestar contas;

-Contratar serviços que impactem no equilíbrio das contas do condomínio;

-Deixar vencer contratos;

-Usar o fundo de reserva indevidamente;

-Cobrar os condôminos de forma constrangedora;

-Conceder descontos aos inadimplentes;

-Negligenciar regras de convivência;

-Aprovar obras no condomínio sem passarem pela assembleia;

-Aprovar e permitir reformas sem um plano de obras em conformidade com a norma ABNT NBR 16.280;

-Não pagar encargos sociais e impostos;

-Multar condôminos sem prova.

O que o síndico não pode fazer?

Escolha a SindBoss! 

Deu para perceber que são muitas ações e atitudes que devem ou não ter. Além das responsabilidades que podem ou não serem feitas. Se você, morador, tem dúvidas de que o seu síndico esteja por dentro de tudo isso e haja de acordo com a sua função, conte com a SindBoss! O síndico profissional cumprirá todas as responsabilidades com eficácia, fiscalização, transparência e cuidado para manter o bem-estar dos moradores.

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

A manutenção do condomínio também é responsabilidade do síndico! 1024 600 sindboss

A manutenção do condomínio também é responsabilidade do síndico!

Quem não quer viver com tranquilidade no lugar onde mora, não é mesmo? Para isso, a manutenção precisa estar em dia!

O síndico exerce muitas responsabilidades e uma delas é a manutenção do condomínio. É muito importante que o síndico sempre confira como está o condomínio, para assim propor melhorias e manter a manutenção em dia.

A manutenção é importante para que acidentes sejam evitados e que a segurança seja garantida. Por isso, todo cuidado é necessário! No código civil há itens que abordam o assunto e evidencia que o síndico é responsável pela manutenção de toda a edificação, caso contrário, pode responder civil e criminalmente em casos de acidente ou prejuízo causado por negligência.

Ou seja, manutenção do condomínio é dever do síndico. Então, confira alguns cuidados que ele deve ter:

  • Gás

As instalações de gás precisam ser inspecionadas, pois vazamento de gás é um acidente grave. Pelo menos uma vez por ano a central precisa ser verificada e a cada 3 anos é indicado verificar os ramais. Se houver uma mudança brusca na conta de gás, pode ser sinal de vazamento. É ideal que os condôminos fiquem atentos e que o síndico adiante a inspeção. Além disso, é importante lembrar que deve ser emitido laudo e recolhido ART.

  • Para-raios

Os para-raios também devem ser inspecionados e cabe ao síndico providenciá-lo. Procurar uma empresa habilitada é importante para a emissão de um laudo, além da ART, que é Anotação de Responsabilidade Técnica.

  • Portões, alarmes e interfones

É sempre bom conferir frequentemente se os portões, alarmes e interfones estão funcionando. Quando há algum problema, é interessante ter uma empresa de confiança que atenda rápido e faça a manutenção correta.

  • Sistema de combate a incêndio

É muito importante todo condomínio ter o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) atualizado. Ter essa vistoria prova que o condomínio está em dia com as devidas obrigações de segurança contra incêndio.

A manutenção do condomínio e o síndico

Confie em um síndico profissional!

Deu para perceber como é importante que o síndico esteja atento com a manutenção do condomínio, não é mesmo?  Contratar um síndico profissional é a melhor escolha quando se procura por segurança e confiança. Com a SindBoss, cuidados como esses não passam despercebidos.

Se o seu síndico não se atenta para todas essas responsabilidades, é melhor ficar alerta! Não opte pelo duvidoso, escolha a SindBoss!

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

responsabilidades trabalhistas e tributárias
Seu síndico entende de responsabilidades trabalhistas e tributárias? 1024 1024 sindboss

Seu síndico entende de responsabilidades trabalhistas e tributárias?

Um bom síndico precisa conhecer e entender todas as responsabilidades que a gestão de um condomínio exige

Ter organização financeira é fundamental para qualquer um e para o síndico isso não muda. Fazer a contabilidade do condomínio de forma correta é muito importante, pois quando algo está errado, existe risco de ação judicial. Saber as responsabilidades trabalhistas e tributárias é dever de todo síndico!

Os condomínios, mesmo tendo CNPJ, que é o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, não pagam Imposto de Renda de Pessoa Jurídica. Pois, não são reconhecidos legalmente dessa forma, já que não visam lucro e sim atender as necessidades dos condôminos.

Mas, isso não quer dizer que um condomínio não precisa pagar impostos. Mensalmente, precisam recolher impostos na condição de tomadores de serviços, já que normalmente possuem colaboradores contratados. Caso essas obrigações não sejam cumpridas no prazo determinado pelo eSocial (Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas), o condomínio fica sujeito à multa administrativa.

Além disso, qualquer contratação feita pelo síndico precisa cumprir todas as exigências das leis trabalhistas.

O síndico precisa entender as responsabilidades trabalhistas  e tributárias

Sem a SindBoss x Com a SindBoss?

Muitos podem supor que a contabilidade de um condomínio é dever das administradoras.

De acordo com o Artigo 1.348 do Código Civil:

Art. 1.348. Compete ao síndico: VIII – prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas.

O síndico e o condomínio até podem contratar um contador. Mas, caso sejam encontradas incoerências ou problemas nas contas, é o síndico que será responsabilizado.  Responsabilidades trabalhistas e tributárias exigem responsabilidade! Um síndico não profissional muitas vezes é desorganizado, não entende de contabilidade e não procura se profissionalizar para entender todas as devidas normas trabalhistas. Com a SindBoss isso não acontece! Nossos profissionais são especializados e entendem o que fazem! Cumprimos com todas as obrigações fiscais e legais.

Gerir um condomínio não é uma tarefa fácil, por isso é tão importante contratar um síndico profissional. Quer segurança, melhorias e qualidade? Então conte com a Sindboss!  Leia sobre outras responsabilidades do síndico aqui.

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

Confie na SindBoss!

WhatsApp WhatsApp SindBoss