• Telefone fixo e WhatsApp: (14) 3204-7403 | contato@sindboss.com.br

Posts Tagged :

síndicoprofissional

Saiba quais são os principais problemas de condomínio que um síndico profissional pode resolver 150 150 sindboss

Saiba quais são os principais problemas de condomínio que um síndico profissional pode resolver

Responsabilidade, organização e disciplina. Essas são as três palavras que definem as características fundamentais de um síndico profissional. O síndico profissional é um pilar essencial para o bom funcionamento de um condomínio, sendo responsável por diversas atividades e funções que podem variar de acordo com as normas e necessidades do condomínio. No entanto, os desafios dessa profissão também são diversos e devem ser solucionados com profissionalismo e imparcialidade. 

 

Quer saber mais sobre os problemas que ocorrem no condomínio e que são solucionados pelo síndico profissional? Fique até o final da leitura para entender mais!

 

O síndico precisa lidar diariamente com problemas que permeiam o condomínio. Sua principal função é saber resolvê-los da maneira correta, visando a melhoria para o condomínio, garantindo que todas as normas estejam sendo cumpridas, além de prezar pela segurança e bem-estar de todos os moradores.Diariamente, o síndico profissional possui tarefas que necessitam de atenção e preparo, adiante, destacamos os principais problemas enfrentados e solucionados por ele. Confira a seguir!

 

Conflitos entre a vizinhança

Viver coletivamente é um desafio que todo ser humano enfrenta. Quando se trata de conflitos entre vizinhos, as causas são diversas. Entre elas, as principais são: barulhos extremos, comportamento inadequado, desrespeito dos espaços em comum (elevador, academia, etc). Cabe ao síndico profissional saber conversar com ambas as partes, de forma imparcial e profissional, evitando gerar mais conflitos e apaziguando os existentes. Vale lembrar que os critérios de punição, quando necessários, devem ser seguidos para todos os moradores de forma igualitária.

 

Inadimplência

Este é, sem dúvidas, um dos maiores desafios para os síndicos. Por isso, é fundamental saber lidar com as inadimplências sem constranger ou passar por cima do que diz a legislação. O primeiro passo que o síndico deve tomar em caso de condômino inadimplente é o envio de uma carta solicitando a regularização. Após isso, é possível propor acordos que sejam viáveis para ambas as partes. 

Se ainda assim o morador não quitar suas pendências em 3 meses, o síndico pode acionar órgãos jurídicos.

 

 Falta de comunicação entre outros funcionários e moradores

A comunicação é a base para uma boa gestão condominial e todos devem fazer parte dessa troca de informações ou sugestões. Para que o síndico possa gerir o condomínio com excelência, a comunicação com os moradores, colaboradores e funcionários precisa fluir diariamente. Para isso, as assembléias são essenciais, pois servem para atualizar a todos sobre as mudanças e atualizações. Este é o último tópico que vamos abordar e você pode conferir abaixo.

 

Ausência de assembléias

É de extrema importância que as assembléias ocorram frequentemente, para que as pautas necessárias sejam levantadas. O síndico é o responsável por mediar a assembleia com moradores e propor novas soluções para os problemas atuais, frisar recados importantes, atualizá-los das mudanças e claro, manter uma boa comunicação com todos, através de uma conversa tranquila e bem direcionada. 

 

Identificou algum desses problemas no seu condomínio? Calma, podemos te ajudar! Com a Sindboss as diretrizes necessárias serão pautadas com excelência e levaremos o melhor direcionamento para seu síndico. Assim, o seu condomínio terá melhorias significativas. Quer saber mais? Entre em contato conosco!

Férias escolares: síndicos e condôminos devem ter cuidado com as crianças neste período 800 450 sindboss

Férias escolares: síndicos e condôminos devem ter cuidado com as crianças neste período

Com o período de descanso escolar, pais devem redobrar a atenção com os seus filhos dentro dos condomínios. Síndico profissional orienta como passar pelas férias com tranquilidade

As férias escolares de julho chegaram. Que alívio para as crianças e adolescentes, que agora podem ter mais tempo livre para brincar. Para as famílias que moram nos condomínios, o tempo de férias significa que estas crianças e adolescentes passarão mais tempo nas áreas em comum, como no playground, sala de jogos e piscinas dos prédios.

Mas, será que neste momento, o condomínio e o síndico devem tomar alguma atitude no sentido de prever e evitar problemas como acidentes e outros inconvenientes que possam prejudicar os demais condôminos? A resposta é sim.

O ambiente do condomínio como, as áreas de passagem de pessoas, os elevadores, as quadras de esportes e, principalmente, a piscina, precisam de proteção e regras bem claras quanto ao uso e procedimentos de segurança.

Felipe Fernandes, síndico profissional e proprietário da SindBoss, aconselha que os pais tenham uma conversa bem clara com os seus filhos sobre os limites quanto ao uso das áreas em comum e os cuidados que as crianças devem ter na hora das brincadeiras.

“Sabemos que as crianças querem extravasar este momento de férias, aproveitando cada minuto para brincar e se divertir. Elas merecem este descanso. Mas, um condomínio possui regras que não tiram férias, por isso, é muito importante que as famílias tenham conhecimento do regimento interno do seu condomínio sobre o que é permitido e o que não é para orientar os seus filhos”, afirma.

Outra situação que Felipe alerta é quanto ao uso das piscinas. “Mesmo que julho seja um período de frio, pode acontecer que tenhamos tardes mais quentes e as crianças queiram aproveitar a piscina. Nesta situação, as crianças menores de 12 anos não devem usar este espaço desacompanhada dos pais ou responsáveis, já que o risco de um acidente mais grave é muito grande na piscina”.

Há casos, ainda, que as crianças ficam transitando pelas áreas em comum do condomínio, incluindo a garagem. “Esta situação é bem delicada. Primeiro, porque uma criança pequena não pode ficar sozinha andando pelo condomínio. Segundo, há muitos prédios em que a garagem fica no térreo, próximo às áreas de circulação dos pedestres. Se uma criança sai correndo atrás de uma bola, por exemplo, e um morador estiver manobrando ou saindo com um carro, há um risco enorme de um acidente sério”, explica Fernandes.

Felipe sugere que neste período de férias, os síndicos realizem reuniões ou espalhem comunicados internos detalhando todas as regras e cuidados que as famílias devem ter com os filhos neste período, incluindo até os cuidados dentro de casa, como por exemplo, o uso de fogão e utensílios domésticos.

“É uma época de descanso e relaxamento. Há muitos pais que também tiram férias em julho. Por isso, nada melhor que todos os condôminos estejam atentos e cientes dos riscos inerentes de uma criança ficar sozinha dentro do condomínio para, assim, evitar qualquer problema e passar por este período com a tranquilidade e alegria que as férias trazem a todos nós”, diz o síndico profissional.

Dicas para aumentar a segurança do condomínio para as crianças

  • Coloque faixas antiderrapantes no chão e nos degraus das escadas;
  • Instale grades com trava em volta da piscina;
  • Mantenha a manutenção das áreas em comum sempre em dia;
  • Não permita o acesso livre das crianças em saunas e academias;
  • Verifique se não há brinquedos quebrados no playground. Caso haja, providencie imediatamente o conserto;
  • Oriente o porteiro a não permitir, em hipótese alguma, a saída de crianças desacompanhadas do condomínio;
  • Espalhe comunicados chamativos e interessantes no elevador e nas áreas de circulação com as principais orientações para os pais e filhos.
Condomínio com problemas? Saiba quando é hora de contratar um síndico profissional 800 450 sindboss

Condomínio com problemas? Saiba quando é hora de contratar um síndico profissional

Se você mora em condomínio ou é proprietário de um imóvel, certamente já passou por alguma situação desagradáveis envolvendo outros moradores ou funcionários. Sabe por que isso acontece? Pelo fato de que muitos condomínios ainda não possuem um síndico profissional para gerir, organizar, supervisionar e orientar moradores e outros funcionários sobre seus direitos e deveres. Se identificou e quer saber mais? Fique até o final desta breve leitura de três minutos!

 

Diversos problemas podem surgir em um condomínio. Dentre eles, podemos destacar os conflitos por mau uso da garagem, barulhos excessivos em horários inadequados, moradores que não preservam os espaços compartilhados e funcionários indisciplinados. Tudo isso pode se agravar ainda mais se o síndico não estiver preparado para gerir um condomínio – o que geralmente acontece em casos onde o síndico é morador e não um profissional da área. 

 

Se você já vivenciou alguma dessas situações, saiba que isso é muito comum do que podemos imaginar. Afinal, conviver em coletividade é desafiador e requer empatia, respeito e bom senso. No entanto, você pode e deve ter mais tranquilidade, segurança e bem-estar em seu condomínio. A boa notícia é que um síndico profissional pode facilmente solucionar todos os conflitos citados acima e muitos outros. Isso porque o síndico profissional é preparado, treinado e totalmente focado em sua função que vai desde gerir a parte financeira do condomínio, garantindo que não haverão inadimplências, até a melhoria da comunicação interna, intermediação de conflitos e várias outras funções que vão de acordo com as necessidades do condomínio.

 

“Há uma grande diferença entre viver na comunidade e viver em comunidade.” – Kabral Araujo.

 

A partir desta frase, faça a seguinte reflexão: você, enquanto morador, tem vivido em comunidade? Você colabora com sua vizinhança e faz sua parte? Se a resposta for sim, saiba que você tem o direito de exigir o cumprimento das normas e regras de outros moradores e proprietários, assim como prevê o Código Civil brasileiro estabelecido no Art. 1.335 que descreve os direitos dos condôminos e moradores. 

 

Sendo assim, não deixe seu condomínio se perder em meio aos conflitos. Seu lar é um bem precioso e você pode agir para beneficiar a sua vida e a de todos os outros moradores. Como fazer isso? É simples! Tudo começa pela assembleia de condomínio, que se trata de uma reunião para debater assuntos relevantes para o condomínio. Ela está prevista no Código Civil e todos os condôminos e moradores podem participar, exceto quem estiver inadimplente. Basta você entrar em contato conosco, solicitar nossa visita na próxima assembleia e a partir daí, iremos traçar novas oportunidades, identificar pontos defasados e soluções para melhorias para seu condomínio. 

 

Vale lembrar que não somos administradores de condomínios, porém, somos uma empresa especializada em treinamento e direcionamento de síndicos profissionais que podem fazer um excelente trabalho dentro de condomínios residenciais, comerciais ou mistos. Estamos presentes em diversos condomínios de Bauru e região e nosso propósito é cuidar do seu patrimônio melhor do que você cuidaria! 

 

Nós, da Sindboss, estamos comprometidos em entregar as melhores soluções para seu condomínio. Não deixe de entrar em contato e saiba mais sobre nosso trabalho. Vamos juntos levar mais segurança, tranquilidade e bem-estar para seu lar! 

 

Acesse nosso WhatsApp para mais informações: (14) 3204-7403.

os-5-benefícios-de-ter-um-sindíco-profissional-no-condomínio
Os 5 principais benefícios de ter um síndico profissional no condomínio 800 450 sindboss

Os 5 principais benefícios de ter um síndico profissional no condomínio

A busca por síndicos profissionais vem aumentando consideravelmente no Brasil. Um dos principais fatores que influenciam essa procura é o profissionalismo e dedicação integral que o síndico profissional tem. Além disso, também tem diminuído o número de moradores interessados em atuar como síndico.

Não é segredo que todo condomínio precisa de um síndico, não é mesmo?! Para que esta gestão seja ainda mais efetiva, é necessário que o profissional tenha boa comunicação, capacidade de resolver problemas e conflitos dentro do condomínio, entre outras funções. Para deixar as dúvidas de lado e esclarecer os benefícios que um síndico profissional pode trazer, confira a seguir as principais vantagens deste profissional para o condomínio.

Qualificação e preparo adequado

Diferente do síndico morador, o síndico profissional está inteiramente dedicado à função, sendo um prestador de serviço. Com isso, o profissional possui treinamento especializado, conhecimento nas áreas de atuação, como por exemplo: contabilidade, comunicação, logística, recursos humanos e administração. Sendo assim, podemos concluir que os síndicos profissionais são mais preparados e qualificados para exercer a função. Além disso, vale lembrar que por se tratar de um profissional e não de um morador, os conflitos pessoais entre a vizinhança não interferem na atitude do síndico, pois ele se faz imparcial nas situações e preza pelas regras que precisam ser cumpridas.

Gestão de pessoas e conflitos

O síndico profissional está apto para lidar com as mais variadas situações que podem acontecer dentro do condomínio. Ele lida com as questões e impasses de forma imparcial, humanizada e profissional. Desde as situações mais simples, como por exemplo, placas que precisam ser instaladas, até questões burocráticas, como moradores descumprindo regras ou ocasionando problemas com a vizinhança. Independente da situação saiba que o síndico profissional está preparado para realizar uma gestão adequada.

Planejamento do condomínio

Uma das responsabilidades do síndico profissional é a elaboração do planejamento do condomínio. Dentro deste documento, deve haver a lista das demandas principais e secundárias, tanto dos funcionários, quanto dos moradores, é necessário listar as prioridades e criar um plano de ação com prazos definidos para cada atividade necessária. Essa ação, por mais simples que pareça, pode ser um excelente caminho para melhorar a qualidade de vida dos moradores e otimizar o trabalho dos funcionários do condomínio, tornando assim, a convivência mais pacífica e satisfatória.

Gestão transparente e confiável

A transparência nas contas e ações do condomínio é um dos principais benefícios da contratação de um síndico profissional. Dentre as responsabilidades deste profissional, podemos destacar a gestão transparente e o zelo pela organização e controle financeiro do prédio. Com um síndico profissional à frente do condomínio, certamente haverá organização, disciplina, transparência e confiabilidade em todas as ações tomadas por ele.

Disponibilidade e prioridade na função

Geralmente, o síndico morador possui outro emprego e outras funções, por isso acaba precisando conciliar todas as suas tarefas com a atuação como síndico. Por mais que existam síndicos moradores excelentes e dedicados, faz-se necessário frisar que o síndico profissional pode dedicar-se inteiramente ao condomínio, pois exerce apenas essa função. Dessa forma, todas as demandas necessárias serão priorizadas e realizadas dentro dos prazos estipulados, já que o síndico morador está também dedicado ao seu trabalho que, na maioria das vezes, ocorre diariamente e em horário comercial.

Agora que você já sabe os benefícios do síndico profissional, entre em contato conosco através das redes sociais ou do Chat que você encontra na lateral direita da sua tela e conheça nossas soluções para que seu condomínio seja ainda melhor!

Você sabe o que um síndico pode ou não fazer? 1024 1024 sindboss

Você sabe o que um síndico pode ou não fazer?

Os moradores precisam conhecer as responsabilidades e atitudes que o síndico pode ou não ter!

O trabalho do síndico é vasto e repleto de responsabilidades. Além disso, ele tem um enorme impacto dentro do condomínio, podendo agir de maneira positiva e negativa. Por isso, é importante que os moradores saibam o que um síndico pode ou não fazer. Sendo que muitas vezes, um não profissional, pode se aproveitar do cargo e agir de maneira errada.

A lei e o Código Civil listam diversos deveres que o síndico deve ter, como a conservação e a manutenção das áreas comuns, cumprir as regras e decisões da assembleia, manter o seguro do condomínio em dia, entre muitas outras obrigações. Veja alguns exemplos abaixo!

Pode ou não pode?

O que o síndico pode fazer? 

-Solicitar cotações de serviços;

-Pagar em dia as contas do condomínio;

-Cobrar todos os serviços executados para que sejam feitos de acordo com os contratos;

-Cobrar, de maneira amigável, os devedores do condomínio;

-Acompanhar o trabalho dos funcionários dos condomínios;

-Junto com os moradores e funcionários, executar campanhas de conscientização;

-Sugerir melhorias;

-Cumprir a convenção e o regulamento interno;

-Exigir apresentação de um plano de obras;

-Executar obras emergenciais.

-Deixar de prestar contas;

-Contratar serviços que impactem no equilíbrio das contas do condomínio;

-Deixar vencer contratos;

-Usar o fundo de reserva indevidamente;

-Cobrar os condôminos de forma constrangedora;

-Conceder descontos aos inadimplentes;

-Negligenciar regras de convivência;

-Aprovar obras no condomínio sem passarem pela assembleia;

-Aprovar e permitir reformas sem um plano de obras em conformidade com a norma ABNT NBR 16.280;

-Não pagar encargos sociais e impostos;

-Multar condôminos sem prova.

O que o síndico não pode fazer?

Escolha a SindBoss! 

Deu para perceber que são muitas ações e atitudes que devem ou não ter. Além das responsabilidades que podem ou não serem feitas. Se você, morador, tem dúvidas de que o seu síndico esteja por dentro de tudo isso e haja de acordo com a sua função, conte com a SindBoss! O síndico profissional cumprirá todas as responsabilidades com eficácia, fiscalização, transparência e cuidado para manter o bem-estar dos moradores.

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

A manutenção do condomínio também é responsabilidade do síndico! 1024 600 sindboss

A manutenção do condomínio também é responsabilidade do síndico!

Quem não quer viver com tranquilidade no lugar onde mora, não é mesmo? Para isso, a manutenção precisa estar em dia!

A manutenção do condomínio e o síndico

O síndico exerce muitas responsabilidades e uma delas é a manutenção do condomínio. É muito importante que o síndico sempre confira como está o condomínio, para assim propor melhorias e manter a manutenção em dia.

A manutenção é importante para que acidentes sejam evitados e que a segurança seja garantida. Por isso, todo cuidado é necessário! No código civil há itens que abordam o assunto e evidencia que o síndico é responsável pela manutenção de toda a edificação, caso contrário, pode responder civil e criminalmente em casos de acidente ou prejuízo causado por negligência.

Ou seja, manutenção do condomínio é dever do síndico. Então, confira alguns cuidados que ele deve ter:

  • Gás

As instalações de gás precisam ser inspecionadas, pois vazamento de gás é um acidente grave. Pelo menos uma vez por ano a central precisa ser verificada e a cada 3 anos é indicado verificar os ramais. Se houver uma mudança brusca na conta de gás, pode ser sinal de vazamento. É ideal que os condôminos fiquem atentos e que o síndico adiante a inspeção. Além disso, é importante lembrar que deve ser emitido laudo e recolhido ART.

  • Para-raios

Os para-raios também devem ser inspecionados e cabe ao síndico providenciá-lo. Procurar uma empresa habilitada é importante para a emissão de um laudo, além da ART, que é Anotação de Responsabilidade Técnica.

  • Portões, alarmes e interfones

É sempre bom conferir frequentemente se os portões, alarmes e interfones estão funcionando. Quando há algum problema, é interessante ter uma empresa de confiança que atenda rápido e faça a manutenção correta.

  • Sistema de combate a incêndio

É muito importante todo condomínio ter o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) atualizado. Ter essa vistoria prova que o condomínio está em dia com as devidas obrigações de segurança contra incêndio.

Confie em um síndico profissional!

Deu para perceber como é importante que o síndico esteja atento com a manutenção do condomínio, não é mesmo?  Contratar um síndico profissional é a melhor escolha quando se procura por segurança e confiança. Com a SindBoss, cuidados como esses não passam despercebidos.

Se o seu síndico não se atenta para todas essas responsabilidades, é melhor ficar alerta! Não opte pelo duvidoso, escolha a SindBoss!

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

responsabilidades trabalhistas e tributárias
Seu síndico entende de responsabilidades trabalhistas e tributárias? 1024 1024 sindboss

Seu síndico entende de responsabilidades trabalhistas e tributárias?

Um bom síndico precisa conhecer e entender todas as responsabilidades que a gestão de um condomínio exige

O síndico precisa entender as responsabilidades trabalhistas  e tributárias

Ter organização financeira é fundamental para qualquer um e para o síndico isso não muda. Fazer a contabilidade do condomínio de forma correta é muito importante, pois quando algo está errado, existe risco de ação judicial. Saber as responsabilidades trabalhistas e tributárias é dever de todo síndico!

Os condomínios, mesmo tendo CNPJ, que é o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, não pagam Imposto de Renda de Pessoa Jurídica. Pois, não são reconhecidos legalmente dessa forma, já que não visam lucro e sim atender as necessidades dos condôminos.

Mas, isso não quer dizer que um condomínio não precisa pagar impostos. Mensalmente, precisam recolher impostos na condição de tomadores de serviços, já que normalmente possuem colaboradores contratados. Caso essas obrigações não sejam cumpridas no prazo determinado pelo eSocial (Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas), o condomínio fica sujeito à multa administrativa.

Além disso, qualquer contratação feita pelo síndico precisa cumprir todas as exigências das leis trabalhistas.

Sem a SindBoss x Com a SindBoss?

Muitos podem supor que a contabilidade de um condomínio é dever das administradoras.

De acordo com o Artigo 1.348 do Código Civil:

Art. 1.348. Compete ao síndico: VIII – prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas.

O síndico e o condomínio até podem contratar um contador. Mas, caso sejam encontradas incoerências ou problemas nas contas, é o síndico que será responsabilizado.  Responsabilidades trabalhistas e tributárias exigem responsabilidade! Um síndico não profissional muitas vezes é desorganizado, não entende de contabilidade e não procura se profissionalizar para entender todas as devidas normas trabalhistas. Com a SindBoss isso não acontece! Nossos profissionais são especializados e entendem o que fazem! Cumprimos com todas as obrigações fiscais e legais.

Gerir um condomínio não é uma tarefa fácil, por isso é tão importante contratar um síndico profissional. Quer segurança, melhorias e qualidade? Então conte com a Sindboss!  Leia sobre outras responsabilidades do síndico aqui.

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

Confie na SindBoss!

O seu síndico se preocupa em cumprir todas as normas contra incêndio? 1024 1024 sindboss

O seu síndico se preocupa em cumprir todas as normas contra incêndio?

Morar em condomínio exige atenção e muitas vezes as normas de segurança contra incêndio não estão em dia! Cuidado!

Morar em condomínio exige uma série de cuidados que precisam ser colocados como prioridade pelo síndico responsável.  A segurança é muito importante para que nenhum acidente aconteça e coloque a vida de moradores em risco. Como por exemplo, casos de incêndio.

Muitos condomínios descumprem as normas de segurança, principalmente em prédios. Este ano, uma lei entrou em vigor para cobrar dos condomínios residenciais o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Aquele que não estiver com as normas em dia, pode sofrer uma advertência ou multa.

E casos de incêndio são comuns em muitos condomínios. Um caso recente foi de um apartamento em Fortaleza que pegou fogo e o local foi evacuado por medidas de segurança. O prédio não tinha o Certificado de Conformidade contra incêndios, o que colocava em risco a vida de todos os moradores.

Segurança não é brincadeira e o seu síndico precisa estar atento com todas as medidas de segurança!

Segurança contra Incêndio

Sem a SindBoss x Com a SindBoss?

A grande maioria dos moradores se preocupa com a segurança do condomínio. Mas,  a rotina corrida pode atrapalha na hora de acompanhar se o trabalho do síndico está sendo feito.

Já parou para pensar se as normas de onde você mora estão em dia? É muito fácil para um síndico não profissional esquecer de conferir as normas contra incêndio.

Extintor vencido, saída de emergência trancada, despreparo no momento de pânico, Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros desatualizado, tudo isso e muito mais é comum quando não se tem um síndico profissional.

Para a SindBoss a proteção do morador é prioridade! Pois, trabalhamos de forma profissional para que todos os documentos estejam em dia, principalmente com segurança contra incêndio. Para nós, toda a gestão de um condomínio deve estar dentro das normas e qualquer melhoria necessária, não é deixada de lado.

Acima de tudo um condomínio precisa ser gerido de forma profissional e não amadora!

Conte com um síndico profissional para que ele e toda a sua equipe cuidem e melhorem o dia a dia no condomínio. Leia aqui e entenda um pouco mais sobre como o sindico profissional é importante para muitas situações.

São muitas as responsabilidades de um síndico, não é mesmo? Então, conte com a SindBoss para cuidar do seu condomínio de forma profissional.

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

Confie na SindBoss!

Óbito dentro do condomínio, o seu síndico sabe como proceder? 1024 1024 sindboss

Óbito dentro do condomínio, o seu síndico sabe como proceder?

Muitas vezes os síndicos comuns não estão preparados para situações emergenciais. É preciso ficar atento!

Durante uma gestão em um condomínio, infelizmente situações delicadas e emergenciais podem acontecer. No caso de um óbito, por exemplo, o síndico pode se deparar com diversas causas e independentemente de como forem elas, é preciso estar preparado.

Uma morte em um condomínio pode acontecer em qualquer lugar, por isso é importante falar sobre o assunto. Em Bauru, diversos casos já foram noticiados. Em 2017, em um condomínio, um jovem se jogou da sacada do seu apartamento do 15º andar. O caso foi tratado como suicídio.

Um caso mais recente foi em junho deste ano, no qual, um acidente de carro dentro de um condomínio resultou na morte de outro jovem.

Situações como essa fazem com que o síndico tenha um papel fundamental. Um plano emergencial e a agilidade podem, inclusive, salvar uma vida.

Óbito no Condomínio E Agora? 

Sem a SindBoss x Com a SindBoss?

Já parou para pensar se o seu síndico estaria preparado para lidar com um óbito no condomínio? É muito comum que um síndico não profissional, que muitas vezes é um morador, não saiba como proceder. Quando algo trágico e delicado acontece, a emoção normalmente não deixa que a pessoa pense de forma mais racional. O desespero se torna inevitável e o despreparo assume o lugar.

Ligar para a ambulância ou polícia, acalmar os moradores e deixar que eles não cheguem perto do acidente, verificar se houve o envolvimento de algum morador do condomínio, dar assistência à família… tudo isso e muito mais deve ser levado em consideração.

Algo que a SindBoss prioriza é o profissionalismo e a segurança dos nossos moradores. Para nós, situações como essa devem ser tratadas de forma responsável e profissional. Agir de forma rápida nessas horas é crucial, pois, dependendo da situação, pode salvar uma vida.

Um condomínio não pode ser gerido de forma amadora ou caseira. Por isso um síndico profissional é tão importante! Por trás dele há muitos outros profissionais que dão total auxílio em diversos tipos de situação.

São muitas as responsabilidades de um síndico, não é mesmo? Conte com a SindBoss para cuidar do seu condomínio de forma profissional.

E se você gosta de nossos artigos, continue nos acompanhando!

Confie na SindBoss!